TRANSLATE

TRANSLATE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Artesanato da Paraíba: Metal

Os metais estão bem presentes como arte popular no aproveitamento de peças de sucatas, onde o artista vai montando e formando figuras populares.

Jackson Ribeiro, natural de Campina Grande, cidade do interior da Paraíba a 130 km de João Pessoa, é um desses artistas. É reconhecido nacionalmente como escultor em ferro. Sua grande obra polêmica é o Porteiro do Inferno, exposta no Espaço Cultural de João Pessoa e inaugurada no início de 1970, em praça pública, no centro de João Pessoa.

Hoje artesãos contemporâneos trabalham com sucatas realizando diversos temas do cotidiano. As latas e ferros sucateados são aproveitados, para expressar aves e animais da fauna paraibana. Carrinhos de lata, objetos utilitários como lamparinas, copos, peneiras, bules, ralos etc, podem ser encontrados nas feiras livres e lojas artesanais por toda a Paraíba.

As feiras livres são, de fato, os maiores centros artesanais para divulgar a identidade cultural das regiões a exemplo de João Pessoa, Santa Rita, Campina Grande, Patos, Pombal, Sousa, Taperoá e Guarabira. A feira ainda é o espaço para a comunicação popular de cada cidade, sendo uma forma de preservar o artesanato e outros produtos de nossa identidade cultural.

















Fonte: www.codata.pb.gov.br



Um comentário: